Você está aqui: Capa » Artigos » Administração » 10 erros que podem “quebrar” a sua empresa

10 erros que podem “quebrar” a sua empresa

Veja os 10 erros mais comuns que podem “quebrar” sua empresa sem antes mesmo dela completar seu primeiro ano de vida. Veja algumas dicas de como evita-los.

10-erros-que-pode-quebrar-uma-empresa

“É mais fácil uma empresa ir à falência por conta de uma série de pequenos erros, do que por um único grande erro.”

Os 10 erros que citaremos são os mais comuns e acontecem principalmente dentro de pequenas e médias empresas.

Darei também algumas dicas que praticamente são o “arroz com feijão” para quem está começando um negocio ou trabalha na administração de uma empresa. Embora estes erros possam parecer fáceis de serem evitados e solucionados, exige um pouco de habilidade do gestor. A demora na correção destas falhas pode levar a empresa a grandes dificuldades e consequentemente sua falência.

Vale destacar que segundo o SEBRAE 27% das empresas paulistas que abrem as portas acabam fechando as portas antes mesmo de completar um ano e este numero chega 64% a empresas de até seis anos.

1 – Não ter um plano de negócios

Talvez este seja um dos principais erros por ser um passo fundamental antes de abrir a empresa. A falta de um plano de negócios pode levar você a tomar decisões erradas tanto financeiramente e perda tempo, um plano de negócio bem desenvolvido faz com que você tome mais conhecimento do negócio, resulta em uma analise mais profunda de sua viabilidade.

Dica: Faça ou peça para alguém fazer um plano de negócios detalhado, nele você deve colocar seus objetivos, produtos a serem vendidos, quais serão seus fornecedores, qual a localização do seu negócio, concorrentes e capital necessário inicias o negócio. Uma dica é procurar o SEBRAE de sua cidade para receber ajuda dos consultores para desenvolver o seu Plano de Negócios.

2 – Desconhecer o mercado que irá atuar

Muitas pessoas acabam por deixar seu emprego para empreender, nada contra apoio esta decisão, porém deve-se tomar cuidado com o nicho de mercado, não é porque seu primo lá na Bahia está ganhando dinheiro vendendo água de coco que você vai abrir o mesmo negócio em porto alegre que vá ganhar dinheiro também.

Dica: Se você trabalha em uma determinada empresa como vendedor de maquinas agrícola, é mais complicado abrir e tocar um negócio para vender embalagens plásticas do que você abrir um negócio para vender peças para maquinas agrícolas, pois é um mercado que você tem um conhecimento e com isso maiores chances de sucesso.

3 – Misturar as finanças da empresa com as pessoais

Você deve manter sempre bem claro que suas finanças pessoais são uma coisa (Pessoa Física), e da sua empresa é outra (Pessoa Jurídica). Considere que você é um colaborador de sua empresa com um pró-labore estipulado. Não confunda pró-labore com o lucro da empresa. É normal a empresas terem vantagens em empréstimos e benefícios de compra de carros e outros equipamentos, porém não utilize desta vantagem para beneficio próprio, você tem que focar na empresa antes de qualquer coisa, gerar lucros e destes lucros fazer seus investimentos pessoais.

Dica: Não utilize recursos do caixa da empresa para fazer extravagâncias pessoais, este dinheiro deve ficar reservado para manter um fluxo de caixa positivo no caso de queda nas vendas, crises econômicas e outros eventos. Leia mais sobre: Entenda o que é capital de giro e como calculá-lo

4 – Contratar pessoas sem competência necessária

Este também é um dos erros mais graves e ocorre muito quando se contrata amigos e familiares para cargos e confiança e responsabilidade, sem que os mesmos estejam preparados para isso.

Seja qual for atividade dentro da empresa seja administrativa ou na produção o colaborador deve este capacitado para isso.

Erros na produção podem ser diagnosticados e reparados rapidamente, já erro administrativos são mais difíceis de diagnosticar e quando se descobre já está crônico com pequenas chances de ser reparado. Tenha em mente que a empresa precisa sobreviver, e no mundo competitivo que vivemos temos que ter os melhores à frente dos cargos chaves da empresa.

Dica 1: Para capacitar aquele que está na produção talvez seja mais fácil é rápido uma vez que exige menor habilidade quanto à gestão do negócio por um todo. Já para cargos de gerência e direção o treinamento é mais longo, exige várias habilidades e dependendo do tamanho e velocidade de crescimento do seu negócio é mais interessante contratar uma pessoa já qualificada e com experiência.

Dica 2: Nunca deixar de investir em capacitação de seus colaboradores. Pessoas capacitadas produzem mais e com qualidade, trabalha motivada e aumenta seus lucros. De oportunidades aos amigos e familiares mais exija deles o comprometimento nas atividades e deixe bem claro “amigos, amigos e negócios a parte”.

5 – Não estabelecer metas aos colaboradores

Não estabelecer metas aos gestores e colaboradores pode ser também um erro, pois é através destas metas que você conseguirá tonar sua empresa mais eficiente e competitiva. Metas são essenciais para o ser humano, metas ajudam a desenvolver novas habilidades das pessoas o que vai refletir na qualidade de produtos e serviços e sua empresa.

Dica: Estabeleça metas com objetivos alcançáveis para seus colaboradores. De um suporte como treinamentos e bolsas de estudo para ajudar no desenvolvimento e cumprimento destas metas. Lembre-se nunca estabeleça metas inatingíveis, pois seu colaborador pode se frustrar e acabar desistindo e produzir menos a cada dia.

6 – Tomar decisões sem planejamento e conhecimento dos riscos

Este erro é muito comum entre pequenos empresários principalmente aqueles que não têm certo grau de conhecimento sobre administração de negócios. Decisões precipitadas e falta de planejamento pode gerar prejuízo enormes e deixar sequelas por muito tempo na empresa. Erros na tomada de decisão principalmente quando envolve recursos financeiros pode afundar a empresa em dividas atrapalhando resultados e gerando prejuízos.

Dica: Se você sente que seu negócio esta crescendo ou já cresceu, e não tem o devido conhecimento para realizar um bom planejamento e saber tomar decisões com o mínimo de risco possível chegou a hora de ser humilde e pedir ajuda e opinião das pessoas, ou melhor, ainda contratar um profissional com conhecimento e experiência. Uma decisão precipitada na contratação de pessoas compra de maquinas ou lançamentos de produtos sem um planejamento e pesquisa de mercado, pode levar a quebra de sua empresa rapidamente.

7 – Tomar empréstimo e fazer financiamento sem receita suficiente para pagar.

Fazendo um gancho do tópico acima a falta de planejamento, mais a tomada de decisão precipitada, somada com um financiamento sem uma analise profunda sobre retorno suficiente para arcar com estes investimentos é um erro grave. Muitas empresas com poucos meses de existência acabam entrando em grandes financiamentos de maquinas sem que se tenham dados sobre venda e como anda o mercado. Muitas delas compram maquinas que ficam meses paradas, ociosas não rendendo o suficiente para que ela mesmo se pague.

Dica: Quando começar sua empresa faça o mínimo de financiamento possível. Só acredite no mercado após uma pesquisa com fundamento. Leia jornais, compre revistas relacionadas às suas atividades, fique atendo ao mercado.

Tendo necessidade de investir em maquinas faça um bom planejamento e levante todos os custos, lembre-se maquinas mesmo que financiadas tem que ser paga. Assuma a compra de novos equipamentos quando você não tiver mais como estender turnos, maquinas são feitas para trabalhar 24 horas, é mais vantagem você ter uma maquina trabalhando em três turnos contratando mais dos colaboradores do que você desembolsar milhares de reais para compras três maquinas para trabalhar 8 horas por dia e ficar 16 horas desligada. Tenha em mente que dependendo do valor do equipamento é viável a aquisição de mais equipamentos do que gerar horas extras, por isso é de extrema importância colocar tudo no papel.

8 – Perder o respeito pelos seus colaboradores

Perder o respeito com seus colaboradores pode ser muito prejudicial para o sucesso do negócio, é como perde o respeito com sua esposa ou esposo, isso gera descontentamento das partes e acaba trazendo uma série de problemas, e com isso o fraco desempenho e prejuízos significantes. Seu colaborador também é seu cliente (interno), pois é seu principal aliado e deve ser valorizado e respeitado sempre.

Dica: Mantenha sempre um bom relacionamento profissional com seus colaboradores, porém não tome cuidado para que o mesmo não confunda com uma grande amizade, tem que ser profissional dentro e fora da empresa. Estabeleça limites para este relação seja parceiro do seu colaborador, saiba ouvi-lo e elogie sempre seu trabalho. Tenha em mente “cliente interno satisfeito é cliente externo satisfeito”.

9 – Colocar todos os ovos em uma cesta só

Tenha cuidado em colocar todos os ovos em uma cesta só, ela pode quebrar e você prejudicar o negócio. Realizar investimentos ou aquisições pensando em apenas um determinado cliente ou segmento pode ser perigoso e deve ser feito com bastante cautela.

Dica: Nunca aposte somente em um tipo de cliente ou segmento, tente ter vários clientes e um mix de produtos, o mundo dos negócios é cheio de surpresas já vi empresas que dependiam de um único cliente ir à falência da noite para o dia, pois seu cliente lhe tirou os pedidos ou também acabou fechando as portas. Tente trabalhar com um mix de produtos ou serviços, pois em uma eventual queda no mercado ou na sazonalidade você consiga gerar receita com e manter a empresa viva.

10 – Achar que saber tudo e pode tudo

Este talvez seja um dos piores erros que um empresário ou alguém que queira começar a empreender pode cometer. Achar que sabe tudo e pode tudo pode levar você à falência mais rápido que você imagina.

Você pode se um expert em várias áreas mais com certeza alguma área você não terá um com desempenho e seu ego falará mais alto, cometerá vários erros que irá prejudicar a empresa.

Achar que pode tudo também é péssimo pensamento, apesar do Brasil ter falhas em suas leis uma hora você pode achar pode da um jeitinho e resolver as coisas, porém não está tão fácil assim. As leis trabalhistas estão mais rígidas e o governo está e cima com fiscalização de tributos e impostos, um exemplo é a Nota fiscal eletrônica que está fechando todo o sistema para que não escape nenhum centavo.

Dica: Você pode conhecer muita coisa mais nunca saberá de tudo, se fossem assim, grandes empresários de sucesso não contratariam executivos altos salários para a gestão da empresa. Seja humilde e reconheça quando a coisa não é mais para seu gabarito, contrate pessoas competentes.  Não seja arrogante ou fique vangloriando suas conquistas e fingir simplicidade entre as pessoas. Nem tudo que funcionou no passado vai funcionar hoje.

Dica: Hoje em dia poder não é querer as leis estão ai e cada dia que passa uma novidade surge para evitar o não cumprimento das mesmas. No passado se podia muita coisa, que tinha influencia realmente tinham certo poder, porém hoje isso está mudando, o cerco está fechando as pessoas estão estudando mais e por dentro das leis, o governo está implantando novas tecnologias para evitar fraudes então este poder de sempre dar um “jeitinho” está cada vez mais difícil.

Temos sempre que agir com responsabilidade e transparência, pois administrar uma empresa mesmo que pequena com apenas um colaborador não é brincadeira e muito menos tarefa fácil. Se for uma média ou grande empresa, lembre-se de que você é responsável por dezenas ou centenas de pessoas que dependem dela para sobreviver.

Trabalhe com seriedade e seja humilde para discutir com todos da empresa desde o faxineiro até o mais alto executivo. Saiba a hora de passar o bastão para quem realmente tem competência de dar continuidade ao negócio e valorize seu colaborador e seu cliente acima de tudo.

Bons negócios e aguardo comentários abaixo,

Sobre Fábio Henrique

Fábio Henrique

Purchasing Specialist at JCB do Brasil


+ Artigos de »

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

    *

    Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>