Google anuncia dois smartwatches Android Wear

No entanto, relógios inteligentes não trarão o logo do Google, mas sim da empresa parceira que vai fabricar os produtos, cujo nome não foi revelado.

relogio-inteligente

Grandes fabricantes como a Motorola e a Huawei podem estar repensando suas estratégias com wearables, mas o Google não pensa exatamente assim.

Em uma entrevista ao The Verge, o gerente de produtos Android Wear, Jeff Chang, revelou que a gigante vai lançar dois novos smartwatches em 2017, feitos para aproveitar ao máximo os novos recursos do Android Wear 2.0.

Rumores sobre smartwatches Pixel já vem circulando há meses, mas esses aparelhos não trarão o nome do Google. Assim como os smartphones Nexus, a empresa que fabricar os relógios colocará sua marca neles – mas Chang se recusou a revelar o parceiro do Google nesta empreitada. Ele disse apenas que duas empresas trabalharam de forma próxima na produção dos produtos, mas não informou mais detalhes, como o design e o tamanho dos smartwatches.

O Google planeja lançar um quinto e último preview para desenvolvedores do Android Wear 2.0 em janeiro de 2017, que provavelmente trará suporte para dois recursos importantes: Android Pay e Google Assistant – a quarta versão do preview do sistema chegou na semana passada.

“Isso é uma maratona, não uma corrida…Essa categoria de produtos está aqui conosco para ficar”, afirmou Chang na entrevista.

Desde seu anúncio na conferência Google I/O, em maio deste ano, o Android Wear 2.0 já teve diversos adiamentos que acabaram levando o lançamento do sistema para 2017.

Chang revelou que muitos smartwatches do mercado receberão esse novo update, incluindo os seguintes aparelhos:

Asus ZenWatch 2

Asus ZenWatch 3

Casio Smart Outdoor Watch

Fossil Q Founder

Fossil Q Marshal

Fossil Q Wander

Huawei Watch

Huawei Watch Ladies

LG G Watch R

LG Watch Urbane

LG Watch Urbane 2nd Edition LTE

Michael Kors Access Bradshaw

Michael Kors Access Dylan

Moto 360 Gen 2

Moto 360 Sport

Nixon Mission

Polar M600

As informações são do site IDG Now 

Leia também