O que é Manutenção Preditiva e onde se aplica?

Saiba mais sobre o que é Manutenção Preditiva e onde se aplica está intervenção em máquinas e equipamentos, uma técnica capaz de detectar possíveis e importantes problemas.

o-que-e-manutencao-preditiva-e-onde-se-aplica

Aproveitar a vida útil dos equipamentos e máquinas de linhas de produção de uma fábrica ou mesmo indústria é um dos principais objetivos da Manutenção Preditiva, saber ao certo quando realizar este tipo de manutenção irá reduzir possíveis falhas e perda de dinheiro. Acompanhar uma inspeção sistemática e conferir o planejamento de vida útil dos componentes e peças também é uma tarefa requerida neste método de manutenção, mas você sabe ao certo o que é Manutenção Preditiva e onde ela se aplica? Confira mais sobre isso no Portal Indústria Hoje.

O que é?

A manutenção preditiva é o conjunto de análises que detecta antecipadamente possíveis deteriorações de peças e componentes em máquinas utilizadas em linhas de produção de indústrias como a automobilista, naval, construção civil, siderurgias, entre outras. Estes serviços são necessários e altamente recomendados, assim os técnicos poderão saber o período exato da troca de um componente ou mesmo acompanhar a vida útil deste produto, caso a mesma apresente um período curto de funcionamento ou a peça esteja deteriorada, a empresa poderá requerer uma troca ou mesmo atuar o fornecedor sobre o real problema.

Com o planejamento adequado da manutenção preditiva as empresas dificilmente estão à mercê da paralisação em suas fábricas, uma linha de produção não ativa acarreta muitos custos para a compania, é mais viável ter um programa de análises e medições, do que contar com a sorte.

o-que-e-manutencao-preditiva

As 10 principais finalidades da manutenção preditiva são:

• Aumentar a vida útil das peças e componentes;
• Eliminar os riscos de paradas por tempo indeterminado;
• Aumentar o desempenho dos equipamentos;
• Reduzir os custos de manutenção corretiva;
• Eliminar desmontagens de máquinas desnecessárias;
• Antecipar a troca dos componentes em maquinários;
• Impedir o aumento de danos nos equipamentos;
• Reduzir custos de pessoal terceirizado;
• Diminuir a chance de remontagens desnecessárias;
• Aumentar a inspeção de trocas de óleos nos equipamentos.

Com estas finalidades a empresa poderá reduzir os custos em seu dia a dia e aumentar a capacidade de produção semanal, cada item é imprescindível para o êxito do processo de manutenção preditiva.

Como aplicar a manutenção?

Para saber ao certo quando utilizar a manutenção preditiva em sua linha de produção é necessário acompanhar um planejamento de vigilância, ou seja, um plano de ação antecipada com base na periodicidade em que os equipamentos estão ativos, desde o momento em que eles começam o seu funcionamento. Como modelo podemos ver na imagem a seguir um exemplo de programa básico de vigilância, acompanhe:

programa-basico-de-vigilancia-preditiva

Contudo, cada equipamento possui um método de aplicação e tempo de vida útil diferente, saber as etapas da verificação poderá prolongar o funcionamento correto do maquinário ou até mesmo reduzir os erros que acontecem nos momentos menos propícios, o monitoramento realizado por um técnico qualificado propõe uma análise estrutural mais confiante e adequada para cada tipo de indústria. Sendo assim a manutenção preditiva é de extrema importância para a produtividade de uma empresa.

Confira no vídeo a seguir a importância da Manutenção Preditiva.

E você gostou do assunto de hoje? Mande seu comentário agora mesmo

 

Leia também