A efetividade de uma metodologia de gestão de projetos baseada na linha PMI

A efetividade de uma metodologia de gestão de projetos baseada na linha PMI

 

pmi

Cada organização possui um perfil perante o mercado, uma personalidade, que pode ser observada quando nos relacionamos com os funcionários, clientes, quando há uma decisão importante a tomar, nos critérios de promoção, enfim no dia a dia de trabalho. As organizações têm também seus mitos, seus heróis, ícones que possuem características que as diferenciam na disciplina, na hierarquia, autonomia, decisão, etc. Com estes fatores as organizações criam sua personalidade, seu tipo psicológico, suas características próprias que são sinais que exteriorizam a cultura da empresa.

INTRODUÇÃO

Diante desse cenário cultural, influenciados pela estrutura organizacional dizer para uma organização que ela necessita de uma nova metodologia de trabalho, com uma nova estrutura para gerenciar seus projetos é um tanto quanto desafiador.

Ademais, nem todos estão aptos a mudanças, e para realizar qualquer “change management”, seja implantar uma nova metodologia, novos processos na gestão de projetos, ou um novo modelo de estratégia de atuação no mercado, esbarra diretamente na questão cultural, sendo necessário procurar entender seus padrões e as pessoas, de forma a criar mecanismos que rompam os paradigmas e quebrem os modelos mentais que emperram os grandes saltos estratégicos e de inovação tão almejados pelas organizações. Afinal, mudanças de cultura possuem um tempo para acontecer e não é um processo de curto prazo.

Fatores de Estudo

Como elementos essenciais e insumos devem ser considerados o momento atual da empresa, os processos e a observação de como são realizadas as práticas de gestão de projetos (maturidade), como se baseia a estrutura organizacional, a existência de processos específicos de gestão da qualidade, dentre outros. Estes são os fatores de estudo decisivos na escolha e desenho do tipo, características do Escritório de Gerenciamento de Projetos, e consequentemente da Metodologia de GP a ser implantada. A criação de uma metodologia em gestão de projetos, pode ser balizada na comparação com as práticas recomendadas no PMBoK – Project Management Body of Knowledge (é um conjunto de práticas na gestão de projetos organizado pelo instituto PMI) e literatura sobre o assunto.

Decisão Estratégica

Delimita-se como o objetivo geral do trabalho dentro do contexto de uma empresa voltada a projetos, seja de pequeno, médio ou grande porte, que o PMO apresenta-se como instrumento necessário e suficiente às práticas de uma política de gestão (pessoas, processos, tempo, qualidade, orçamento, etc), tendo como ponto central a padronização de processos. Dentro deste cenário, gerenciando um limite de estágio, pode se criar uma Metodologia para Gerenciamento dos Projetos, baseada na Linha PMI (Project Management Institute), adaptada as necessidades do ambiente interno, e alinhada ao Planejamento Estratégico, objetivando a definição de um modelo de gestão, com foco nos resultados. A metodologia de Gestão de Projetos possibilita a condução dos projetos de forma alinhada com os interesses da alta direção. A centralização das informações e condução dos projetos facilita o alinhamento dos objetivos dos projetos, com os objetivos estratégicos da empresa. Além de construir conhecimentos e habilidades para melhorar a capacidade e qualidade das entregas, assim como a disseminação das informações destes projetos às partes interessadas, garantido a taxa de sucesso dos projetos. Os Projetos são normalmente autorizados como um resultado de uma ou mais das seguintes considerações estratégicas (Quadro I – Adaptado pela Autora).

 pmi1

CONSIDERAÇÕES GERAIS

Entende-se que as organizações que criam uma Metodologia para GP, buscam uma desburocratização teórica, para prosperar em ambientes altamente competitivos, utilizando as seguintes premissas:

  • Hierarquias surpreendentemente simples
  • Pouca burocracia
  • Propensão a assumir riscos
  • Forças de trabalho que se auto-gerenciam

 

A Metodologia de GP propicia por meio da manutenção e controle de bases de informação contendo os dados dos projetos executados, auxiliar na estimativa e decisões de novos projetos buscando a identificação e solução das deficiências e a disseminação das melhores práticas.

Leia também

Lilian Treff

Lilian Treff

Especialista em Gestão de Projetos (PMI) - Treinamento e Desenvolvimento: Mestrado Profissional em Gestão Empresarial, Especialização em Gestão de Projetos, Pós-Graduação em Didática do Ensino Superior e Graduação em Pedagogia (Licenciatura Plena). Certificada Personal & Professional Coaching (SBC) e Líder Coach (SLAC). Destacada experiência nacional e internacional de 15 anos em cargos de liderança na área de Gestão de Projetos, Treinamento & Desenvolvimento, Planejamento Estratégico e Gestão de Pessoas. Autora do Livro INOVAÇÃO EM GESTÃO DE PROJETOS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (Brasport, 2013). Co-autora de uma patente (aplicando metodologia de gestão de projetos), do Registro de Programa de Computador – Sistema de Gestão de Resultados (SGR), com a Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho” - UNESP, junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI (AGÊNCIA UNESP DE INOVAÇÃO-AUIN). Condecorada "Comendadora" Profissional do Ano - PRÊMIO EXCELÊNCIA E QUALIDADE BRASIL 2017, na Categoria "TREINAMENTO EM DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE ENSINO & CIDADÃO”, pela Associação Brasileira de Liderança.