FECONATI 2016 Acontece na Semana do Meio Ambiente

Outra presença marcante na Feconati será o ITEC – Instituto Tecnológico da Construção Civil, especializado em laboratórios com ensaios de acordo com as normas técnicas vigentes.

FECONATI

E por que não falar de Sustentabilidade na Semana do Meio Ambiente? Considerando que a Segunda Edição da Feconati foi um sucesso em 2015, a organização da feira decidiu realizá-la em junho fazendo parte do calendário das comemorações de conscientização que acontecem em todo país e em todo mundo em virtude do Dia Mundial do Meio Ambiente – 05 de junho. Sendo assim a edição de 2016 será realizada entre os dias 01 a 04 de junho, na Estação Atibaia, no interior de São Paulo, espaço totalmente integrado a natureza, saindo do circuito de pavilhões fechados em grandes cidades.

A proposta da Feconati- Feira Internacional da Construção Sustentável que chega a sua terceira edição é apresentar soluções que minimizem os impactos na natureza, sendo um canal inovador que aposta e proporciona espaços para as empresas deste setor apresentarem seus produtos ao seu publico alvo e de interesse: construtores, engenheiros e arquitetos.

Entre as propostas da feira este ano é a apresentar produtos que não só colaboram para minimizar os impactos na natureza, mas contribuam para a melhoria na qualidade vida e a Planeta Acessível, do grupo Plastem é uma dessas empresas que trará para Feconati sua gama de produtos acessíveis e customizados usados na construção cível como piso tátil, comunicação em braile e outras novidades.

Esta edição apresentará produtos que economizam energia, materiais alternativos para construção civil como o processo construtivo e uso do bambu em edificações e mobiliário, módulos de captação de água pluvial, soluções na geração de energia renováveis, entre outros.

Estima-se que mais de 50% dos resíduos sólidos sejam gerados pelo conjunto das atividades humanas e principalmente provenientes da construção e para diminuir os resíduos sólidos produzidos pela construção civil, o professor do Mackenzie, Celso Luchezzi estará palestrando na Feconati sobre a gestão de resíduos na Construção Civil e como diminuir custos com a destinação de materiais. A organização e o armazenamento de materiais são fatores importantes que contribuem para evitar perdas dos materiais novos e que virarão descarte se não armazenados e movimentados corretamente.

Outra importante palestra que acontecerá na fera será com Guilherme Korte, Presidente da Associação de Produtores de Bambu (Aprobambu), que falará sobre o bambu como um novo e rentável negócio sustentável. A fibra do Bambu tem alto valor agregado porque serve para vários processos construtivos, criação de móveis e objetos substituindo a madeira, é uma fonte de energia biomassa e também usado como tratamentos, já que é um poderoso antioxidante e possui propriedades medicinais, muito usado em países do Extremo Oriente como China, Japão e Coreia.

Segundo Guilherme Korte há um projeto junto com o Governo do Estado de S. Paulo que fomenta o plantio do bambu nas margens de rios e lagos estradas por sua capacidade de recuperar áreas degradadas.

Já a palestra sobre a “Em Busca da Eficiência Energética” com Otávio Simões abordará o apelo econômico na busca de novas fontes de energias e saber gerir quais opções é a melhor ou a sua combinação e principalmente, quais as mudanças de processos que serão necessários para essa implantação. O cenário atual, no Brasil e no Mundo, trouxe a luz a necessidade de uma otimização no uso de insumos energéticos. Segundo Simões, ainda há muitos investimentos a se fazer no Brasil “Diferentemente de outros países, onde a questão energética é tratada como um insumo ou investimento, no Brasil ainda estamos com poucos ou quase nenhum incentivo fiscal. O grande incentivo é a manutenção da competividade, onde a redução de custos de consumo, deve ser tratada como um investimento real e definitivo”, afirma

Outra presença marcante na Feconati será o ITEC – Instituto Tecnológico da Construção Civil, especializado em laboratórios com ensaios de acordo com as normas técnicas vigentes. Durante o evento estarão apresentando o laboratório que estão instalando em Atibaia, uma construção totalmente sustentável, que será muito importante para a cidade no setor da construção civil.

Tendências: Arquitetura Verde e Bioarquitetura

As tendências atuais em relação ao tema da construção sustentável caminham em duas direções. De um lado, centros de pesquisa em tecnologias alternativas pregam o resgate de materiais e tecnologias vernáculas com o uso da terra crua, da palha, da pedra, do bambu, entre outros materiais naturais e pouco processados a serem organizados em ecovilas e comunidades alternativas é a chamada Bioarquitetura, apresentada na Feconati. Na outra via, empresários apostam em “empreendimentos verdes”, com as certificações, tanto no âmbito da edificação quanto no âmbito do urbano.

A tendência é aumentar a cada ano, já que se sabe que investir em construções sustentáveis aumenta o bem estar, o conforto e a produtividade, além de melhorar as condições do Meio Ambiente e evitar desperdícios de recursos naturais. Atualmente são investidos no Brasil cerca de R$ 13 bilhões em construção verde e investir em sustentabilidade é agregar valor ao empreendimento e diminuir o custo operacional tendo o retorno do investimento de seis meses a um ano.

Terceira Edição FECONATI – Feira Internacional da Construção Sustentável
Data: 01 a 04 de junho de 2016 | Horário: Das 10h às 20h
Local: Estação Atibaia
Endereço: Avenida Jerônimo de Camargo, 6308 – Atibaia – SP, 12944-000(próximo a rod. Fernão Dias, atrás do Hotel Bourbon)
A Entrada para A FECONATI é gratuita basta realizar o credenciamento diretamente no site.
www.feconati.com.br

As informações são do site Portal da Biomassa 

Leia também