SUVs e Crossovers são carros que estão em alta no mercado

Cerca de 17% dos veículos comercializados em 2017 foram SUVs e Crossovers. Em 2018, essa tendência deve continuar com o lançamento de novos modelos.

No Brasil, os SUVs e Crossovers são bem aceitos, principalmente, os compactos, por serem mais econômicos. Esses carros, que antes pertenciam apenas a famílias de classes altas, hoje se tornaram mais acessíveis.

E não pense que esses veículos por serem maiores são preferências dos homens, pois hoje metade dos proprietários de SUVs são mulheres.

Os motivos que as levam a optar por esse modelo são diversos, como: se sentirem mais altas ao volante, ficarem menos vulneráveis e terem uma maior sensação de segurança.

Mas, você já pensou como surgiu o SUV e qual a diferença dele para o Crossover?

A história do SUV

O SUV Sport Utility Vehicle (Veículo Utilitário Esportivo) surgiu na década de 50 como um veículo rústico voltado ao trabalho pesado.

No início, ele era feito com uma perua sobre o chassi de uma caminhonete e isso fazia com que tivesse pouca segurança e estabilidade. Não era raro ver um desses carros tombarem, sem falar que consumiam muito combustível.

Hoje, o SUV e Crossover são carros que estão em alta no mercado porque mudaram bastante e a tecnologia contribuiu muito para isso.

Eles são carros grandes com bastante espaço para o motorista e passageiros, garantem uma boa visibilidade, possuem suspensão que tornam o passeio agradável e são considerados seguros.

Já o Crossover surgiu com o intuito de proporcionar um SUV mais compacto. Ele se parece com um carro comum, mas possui linhas que lembram as suas origens.

Eles são voltados, muitas vezes, para famílias grandes por terem uma terceira fileira de assentos e com a vantagem de serem mais econômicos.

As mudanças que os SUVs e Crossover sofreram nos últimos anos, tornando-se modelos mais compactos, também fizeram com que tivessem mudanças em sua classificação. Hoje, para o Código de Trânsito Brasileiro, ele é um veículo de passeio e não mais um comercial leve.

O valor do seguro dos SUVs e Crossovers

Por serem carros mais imponentes devido ao seu tamanho e design, muitas pessoas acreditam que o valor do seguro desses veículos acaba sendo mais elevado.

Mas essa não é uma verdade. O preço do seguro dos SUVs e Crossovers são bem competitivos com muitos outros veículos do mercado.

Por exemplo, o Jeep Renegade, que foi um dos modelos mais vendidos, possui um preço médio de seguro para o modelo 2017 de R$ 3.100,00.

O Renault Duster tem um seguro um pouco mais acessível de, em média, R$ 2.300,00.

O mesmo ocorre com os Crossovers, pois os valores são atrativos e cabem no bolso de quem pretende ter um desses veículos.

O Honda HR-V versão 2017 possui um preço médio do seguro de R$ 2.600,00. O Hyundai Tucson também fica nessa faixa.

Mas, se a ideia for ter um Audi Q3 será preciso desembolsar um pouco mais. O preço médio do seguro desse veículo é de R$ 4.900,00.

De qualquer maneira, é importante você fazer uma simulação de seguro conforme o seu perfil antes de optar pelo carro novo.

Leia também

Indústria Hoje

Indústria Hoje

Indústria Hoje